2º Lei de Ohm

Fios. Fonte: Internet

No século XIX, um físico alemão de nome Georg Simon Ohm (1787-1854), descobriu duas leis, a  e a 2º lei de ohm, neste artigo focaremos na segunda. (Caso queira ver a primeira, clique aqui.)

A segunda lei de ohm é utilizada para verificar a resistividade do corpo condutor de acordo com as características físicas do mesmo.

(Quer conhecer sobre resistividade? Clique aqui.)

“A resistência elétrica de um corpo é diretamente proporcional ao seu comprimento e resistividade e inversamente proporcional a sua área transversal.”

Simplificando, quanto maior seção transversal do corpo condutor, menor resistência ele terá.

2º Lei de Ohm.
  • – R: Resistividade elétrica em ohm (Ω);
  • – p (Rô): ohm x metro(Ω .m);
  • – L: comprimento do corpo em metros (m);
  • – A: Área transversal do corpo em metros quadrados (m²);

Exemplo:

Um fio de cobre de área transversal igual a 10-4 m² e de comprimento igual a 2,5 m é ligado em uma tensão elétrica de 2,0 V. Determine:

a) a resistência elétrica do fio.

b) a corrente elétrica formada no fio.

c) a resistência do fio caso o seu diâmetro fosse dobrado.

Resposta:

a) Para calcular a resistência elétrica desse fio de cobre, utilizaremos a Segunda Lei de Ohm:
 

2º Lei de ohm.

De acordo com o enunciado, a área transversal do fio é de 10-4 m², a resistividade do cobre, segundo a tabela fornecida neste texto, é de 1,7.10-6 Ω.m, e o seu comprimento é de 2,5 m. Assim, temos que:
 

Cálculo Resistência Elétrica

b) Para calcular o valor da corrente elétrica formada no fio, aplicaremos a Primeira Lei de Ohm:
 

1º Lei de Ohm.

Para a tensão elétrica informada pelo enunciado, de 2,0 V, teremos a seguinte corrente elétrica:
 

Cálculo da corrente elétrica.

c) Se dobrássemos o diâmetro desse fio, estaríamos quadruplicando o valor do seu raio, uma vez que o diâmetro é o dobro do raio da circunferência. Como sabemos, a área da circunferência é determinada pela seguinte relação:
 

Relação da circunferência

Portanto, sua área seria 16 vezes maior. Como a resistência do fio é inversamente proporcional à área, sua nova resistência seria 16 vezes menor, cerca de 0,00265 Ω.

Continua com dúvida? Escreva para gente ou comente abaixo, ficaremos felizes em te ajudar.

Curta, compartilhe e comente, assim você ajuda muito.

Exercicio retirado do site Mundo Educação (UOL).

Rodolfo Alves

Um estudante de engenharia, técnico em eletrônica, vidrado em como funciona as coisas deste mundo (e dos outros também).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.